A Internet reinventando nosso cotidiano

Não é difícil olhar ao nossa redor e enxergar a quantidade de pessoas que estão se conectando à internet. O que seria impossível de se imaginar voltando apenas um pouco atrás na história é que tantos hábitos e relações sociais e econômicas acabariam mudando por causa disso.

[if !supportLineBreakNewLine] [endif]

Hoje, segundo dados de amostra do IBGE, já somos 116 milhões de brasileiros conectados à internet, o que representa mais de 64% dos brasileiros com idade acima dos 10 anos. Ela nos fez mais integrados às novas tecnologias dando utilidade a elas e as interconectando. À medida que diversos aparelhos dialogam entre si e nós com eles, as vozes, as ações e os gestos se misturam aos nossos próprios e de nossos parceiros humanos. Mas o que realmente significa isso? Significa o que todos já sabem: vivemos de maneira diferente do que vivíamos há alguns anos atrás. A comunicação se tornou ubíqua (termo utilizado para descrever a comunicação onipresente), podemos estar em todos os lugares do mundo ao mesmo tempo só com o uso do nosso smartphone, e padrões comportamentais foram alterando e se adequando aos novos meios. [if !supportLineBreakNewLine] [endif]

Deixamos de nos relacionar da maneira tradicional para adotarmos um novo modelo de hegemonia do online, marcamos encontros e conhecemos pessoas através de apps no celular, barreiras de tempo e espaço foram derrubadas! Nem mesmo um idioma é mais motivo de separação, podemos ter acesso à tradução simultânea. Nossas cidades se tornaram inteligentes e vivas, reagindo a nossos impulsos e acompanhando nosso ritmo. A hiperconectividade permitiu que dispositivos possam se autogerir e ter controle um sobre o outro e o armazenamento de dados “pega” as nossas informações em troca de nos oferecer soluções inteligentes e os melhores serviços.


A revolução não para por aí, fazemos pagamentos, transferências, fechamos acordos, negociamos e renegociamos dívidas, compramos, vendemos, com poucos movimentos de dedos, e logo mais sem nem sequer termos dinheiro no banco, apenas com o uso das moedas digitais.


O que você acha dessas transformações?


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Adoro Robótica
  • Instagram Adoro Robótica

© 2017 por Adoro Robótica